FERRO E AÇO – QUAL A DIFERENÇA?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
ferro e aço

Alguns chamam de ferro, outros de aço. Quem está certo? Qual a diferença entre ferro e aço? Será que é tudo a mesma coisa? Ou se trata de 2 metais diferentes? Qual o critério para diferenciar um do outro? Se você também tem esta dúvida, leia este artigo até o final.      

Ferro é o nome dado para o metal puro encontrado na natureza.

Aço é um metal feito pelo homem.

O aço é o nome dado a mistura do ferro mais um ou vários elementos adicionados ao ferro.

Quando o homem processa o ferro adicionando mais elementos a ele, o novo produto formado passa a ser uma liga. Deixa de ser um metal puro.

Liga é a mistura de metais.

Quando se mistura cobre com zinco temos uma liga chamada de latão.

Cobre com estanho temos uma liga chamada de bronze.

A mistura do ferro com níquel e cromo temos uma liga chamada de aço inoxidável.

Sempre que é formada uma liga contendo ferro o novo produto é chamado de aço.

Mais a frente, você vai conhecer vários tipos de aço.

Nos exemplos de ligas, são adicionados outros elementos além dos citados.

Voltando ao ferro e aço.

Nas siderúrgicas, o ferro puro é aquecido a temperaturas maiores que 1.000ºC.

Nestas altas temperaturas o ferro passa para o estado líquido. Então é adicionado entre 1 e 2 por cento de carbono. Tem-se então o aço carbono. Este é o aço mais usado no mundo na construção industrial.

FERRO

MINÉRIO DE FERRO

O ferro é encontrado na natureza na forma de óxido de ferro. Nas mineradoras é conhecido como minério de ferro.

As mineradoras são responsáveis por extrair o minério de ferro da natureza.

O minério de ferro é um dos principais produtos que o Brasil exporta.

Das mineradoras o ferro segue para as siderúrgicas para ser transformado.

Nas siderúrgicas o ferro é levado a fornos de alta temperatura e é transformado em ferro gusa.

O ferro gusa tem consistência dura, porém quebradiça e por isso existe a necessidade da adição de outros elementos.

Agora você entende o porquê da necessidade de transformar o ferro em aço.

O homem conseguiu fabricar um produto com todas as qualidades que a construção industrial precisa e com custo adequado. Fez isto adicionando alguns elementos ao ferro. Estes elementos na dose certa, garantem um produto mais fácil de forjar, soldar, dobrar. Enfim, tudo mais que é necessário para a construção industrial.

 

AÇO CARBONO

AÇO CARBONO

Como já foi dito antes, aço é uma liga e liga é a mistura de elementos.

Existem vários tipos de aço. Todas as ligas de aço contêm ferro e carbono. E há tipos de aços que têm outros elementos adicionados a sua composição, além do ferro e do carbono.

As ligas de aço podem ser designadas de várias maneiras.   

De acordo com os elementos que foram adicionados ao ferro. Conforme a sua aplicação, de acordo com a norma que atende, de acordo com sua resistência; por exemplo.

Sendo assim, temos o aço carbono, aço prata, aço ferramenta, aço mola, aço SAE 304, aço inoxidável e muitos outros.

Existem muitos tipos de aço no mercado. Para se ter uma ideia, cada designação de aço abre um leque de mais opções.

Por exemplo, o aço carbono pode ser com baixo teor de carbono, médio teor de carbono e alto teor de carbono. E cada tipo tem suas aplicações específicas.

Entre todos estes aços citados o aço carbono é de muita importância, porque é o mais usado na construção industrial.

É por causa da vasta utilização do aço na construção industrial, que a pintura industrial é usada em larga escala. Isto porque o aço sofre corrosão quando exposto ao meio ambiente.

O aço inoxidável tem resistência a corrosão superior ao aço carbono, quando exposto ao meio ambiente. Mas tem o custo muito superior. É por isso que o aço carbono é o metal mais usado na construção industrial: tem custo menor, mesmo necessitando de pintura por causa da corrosão.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE FERRO E AÇO

FERRO E AÇO

Através de informações simples, sem fórmulas e equações químicas, foi esclarecido a diferença entre ferro e aço.

Na verdade, o que você encontra nas obras de construção industrial é o aço. E o tipo de aço mais usado; conforme já dito; é o aço carbono.

Tubulações, estruturas metálicas, tanques, trocadores de calor, suportes, guarda-corpos, navios e muito mais. Tudo construído com aço carbono.

Carros, aviões, ônibus, trens, caminhões… e muito mais.

Na área da pintura civil, é comum se falar em pintura de ferro. Já na área da pintura industrial se fala mais em pintura de aço.

A pintura industrial é a técnica mais usada para proteger o aço da corrosão. Isto porque é um processo que funciona, possui custo adequado e é fácil de aplicar.

Se você acha que este ensinamento é útil para alguém, compartilhe.

Rosemary Coutinho

Rosemary Coutinho

Rosemary coutinho é fundadora do site www.opintorconsultoria.com. Profissional formada em Química Industrial com mais de 20 anos de experiência na área de pintura, tintas e corrosão. Fez diversos cursos de aprimoramento nesta área, inclusive o de pintura industrial fornecido pela ABRACO e é também qualificada pela Petrobras como Inspetora de Pintura Industrial. Possui profundo conhecimento na área de qualidade, certificação em ISO 9000; documentação de qualidade, data-book de obras e é auditora interna da ISO 9001.

Comente:

Sobre A Autora

Rosemary coutinho é fundadora do site www.opintorconsultoria.com, é uma profissional formada em Química Industrial com mais de 20 anos de experiência na área de pintura, tintas e corrosão…

Posts Recentes

Siga-me

Cadastre-se na minha newsletter

Inscreva-se na minha newsletter e receba conteúdos gratuitos

*Você está seguro, não enviamos spam.