Se você está incomodado com o mal cheiro e o aspecto de sujeira causado pelas infiltrações de umidade em seu lar, vou te dar as 3 principais dicas para você eliminar definitivamente o seu problema com uma pintura impermeabilizante de parede.

As infiltrações em construções são tão perigosas quanto um câncer para o ser humano. Vão tomando conta, devagarinho de toda a estrutura e se você não tomar uma atitude rápida e definitiva para combatê-la, ela pode destruir seu imóvel sem pena e sem dó.

Primeiro a infiltração e a umidade podem aparecer como goteiras, manchas ou rachaduras na parede. Com o tempo, alastram e danificam a pintura, emboço, os pisos e azulejos podem começar a soltar, pode aparecer poças de água embaixo de pias, curto circuito na parte elétrica e outros problemas vão surgindo. Em casos mais graves, pode ocorrer o comprometimento da estrutura do imóvel.

Além disso, as infiltrações criam ótimo ambiente para o desenvolvimento de bolor ou fungos; também conhecido como mofo; que produzem como efeito manchas escuras na parede e odores que causam problemas de saúde nas pessoas que respiram o ar que está contaminado com o os fungos ou mofo.

Uma maneira de eliminar as infiltrações é aplicando uma pintura impermeabilizante de paredes com umidade.

Aplicar um impermeabilizante para parede interna ou externa, piso ou laje, não é complicado; então; antes de iniciar a impermeabilização, siga estas dicas:

Dica 1: DESCUBRA A CAUSA DA INFILTRAÇÃO IMEDIATAMENTE

Pode ser que a infiltração venha de uma tubulação de água com vazamento, ou pode ser originada de um equipamento com defeito como a descarga ou tubos internos do vaso sanitário; pode também ser a passagem de água de chuva pela parede ou pelas bordas da janela e parapeito ou uma umidade que vem do solo, manchando o rodapé devido ao terreno onde o imóvel foi construído. Seja o que for, evite o transtorno de obras inesperadas. Pesquise imediatamente aos primeiros sinais de infiltrações e vazamentos. As vezes a melhor solução não é aplicar um impermeabilizante. E não tente mascarar o problema simplesmente aplicando o primeiro produto impermeabilizante que você encontrar, sem saber o que realmente está acontecendo; porque é muito provável que o problema vai voltar e dependendo da causa, em dose mais forte; e por consequência o seu prejuízo também será maior.

Dica 2: COMPRE O PRODUTO MAIS ADEQUADO AO SEU PROBLEMA

Cada tipo e local de infiltração de umidade requer um tipo de impermeabilizante.  Não use o mesmo produto como solução para todos os casos. Muitas vezes um amigo ou vizinho; na boa intensão de ajudar; indica um produto que já conhece e que resolveu o problema dele, mas na realidade o problema dele não era exatamente igual ao seu e o produto pode não te trazer o mesmo resultado.

Características importantes devem ser levadas em conta como se o local a ser impermeabilizado é de trafego de pessoas ou carro, ou sem tráfego constante. Se é local de trabalho estrutural onde há juntas de dilatação; qual acabamento será adicionado ou se não haverá aplicação de outro revestimento sobre o produto; enfim cada caso deve ser estudado criteriosamente se você quer evitar transtornos e prejuízos.

Descoberta a causa do seu problema, pesquise o que há no mercado para solucionar a sua questão específica.  Leia os rótulos das embalagens dos produtos ou consulte os respectivos boletins técnicos que são elaborados pelos fabricantes e você pode também consultar os fabricantes de produtos impermeabilizantes ou um especialista. Faça isto antes de comprar qualquer produto evitando assim maiores prejuízos.

Dica 3: O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA APLICAR O IMPERMEABILIZANTE

É muito importante ter conhecimento de alguns aspectos do produto que você comprou; como a finalidade do produto, composição química, forma de aplicação, qual a exigência de preparo da superfície para que o produto forneça o resultado esperado, rendimento e informações sobre segurança. Esta última informação você vai obter na FISPQ (Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico) do produto. Hoje em dia, os fabricantes disponibilizam as FISPQ de seus produtos em seus sites. Verifique também se o produto escolhido atende a norma ABNT referente a impermeabilização.

Se você está iniciando um projeto para sua residência ou se quer se aprofundar no tema impermeabilização de residências, consulte a norma ABNT NBR 9575:2010. Ela estabelece as exigências relativas a seleção e projeto de impermeabilização, para que as condições mínimas de proteção da estrutura, contra infiltração de água, sejam atendidas. Basta você digitar no google “ABNT 9575” e vai encontrar a norma em arquivo pdf.

 


Rosemary Coutinho
Rosemary Coutinho

Rosemary coutinho é fundadora do site www.opintorconsultoria.com, é uma profissional formada em Química Industrial com mais de 20 anos de experiência na área de pintura, tintas e corrosão. Fez diversos cursos de aprimoramento nesta área, inclusive o de pintura industrial fornecido pela ABRACO e é também qualificada pela Petrobras como Inspetora de Pintura Industrial. Possui profundo conhecimento na área de qualidade, certificação em ISO 9000; documentação de qualidade, data-book de obras e é auditora interna da ISO 9001.

    10 replies to "3 Dicas Para Fazer Uma Pintura Impermeabilizante de Parede de Sucesso"

    • Avatar Adelaide Miranda Abreu

      Tenho uma vivenda ,que construi há 38 anos. JÁ FOI PINTADA PELO EXTERIOR 2 vezes . Pintei pelo exterior no verão de 2017 . Mas no inverno passado e neste inverno , apareceram muitas manchas negras de bolor no interior . Principalmente em 2 paredes ,que são as que estão mais exposta aos agentes exteriores . As paredes exteriores este ano também apareceram bolhas de água .
      Qual a razão ,para isto acontecer se pintei a casa no exterior há tão pouco tempo . O técnico usou tinta com membrana elástica.
      Obrigado agradecia que me respondessem.

    • Avatar Sérgio Luis Reis

      Boa tarde , meu nome é Sérgio.

      Tenho uma obra nova faltando pintar a parte externa porém com as chuvas de agora notei que a parede interna estava infiltrando água da chuva , o que fazer antes de pintar para me sentir mais seguro quanto a umidade?

      • Rosemary Coutinho Rosemary Coutinho

        Olá, Sérgio. Você deve deixar secar totalmente a parede e pintar externamente com tinta acrílica específica para exterior. Aplique conforme instruções do fabricante para evitar este problema. Obrigado pelo comentário.

    • Avatar Tárcila Ramos

      Bom dia Rosemary,
      Moro no quinto andar de um apartamento que fica de esquina no edificio. tenho duas paredes nos quartos que recebem umidade da chuva e acabam dando mofo internamente. Posso usar impermeabilizantes na parte interna ou não resolveria o problema? Uma vez que a causa da umidade é a chuva.
      Se posso impermeabilizar, me indique um melhor produto pra isso.

      • Rosemary Coutinho Rosemary Coutinho

        Olá, Tárcila. Você vai resolver o seu problema de maneira definitiva impedindo a penetração da água da chuva na sua parede. Então deve buscar um especialista para entender o que está acontecendo. Talvez haja necessidade de eliminar alguma infiltração que possa estar ocorrendo. Obrigado pelo comentário.

    • Avatar Nivaldo Reis

      Tenho uma parede germinada com um espaço o qual foi preenchido com entulho, no decorrer do tempo está aparecendo na minha parede fungos na parte inferior da parede. Gostaria de saber que tipo de impermeabilizante devo utilizar e onde encontra-lo

    • Avatar Elizangela Oliveira de Lima

      Oi,Rosemary. Moro num apartamento que fica 13ª andar, o meu quarto tem 2 paredes que são úmidas e o meu guarda roupa precisa ficar com as portas abertas e com as gavetas exteriorizadas para não mofa as roupas. Terei que pinta-lo daqui alguns meses.Estou pensando com diminuir o mofo e a umidade do local.

      • Rosemary Coutinho Rosemary Coutinho

        Olá, Elizangela. Você deve pesquisar e identificar a causa desta umidade. Pode ser vazamentos ou infiltração de água da chuva ou outro motivo. Esta umidade está encontrando ambiente ideal para a proliferação dos fungos. Enquanto você não eliminar esta umidade, não vai adiantar tratar o mofo porque ele vai voltar. E a pintura só deve ser feita após eliminar a umidade e o mofo. Obrigado pelo comentário.

    • Avatar Marcos

      Como é dificil achar ma explicação simples e objetiva… falam muito e não para quem é leigo como eu não ajuda em nada…

      • Rosemary Coutinho Rosemary Coutinho

        Ola Marcos. O objetivo do site é ajudar e ensinar principalmente a quem é leigo. Se tiver alguma duvida, pode perguntar que eu farei o possível para você entender. E tenha certeza que suas duvidas são as duvidas de muitos! Obrigado pelo comentário.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.