Se você também está se perguntando se é possível reduzir custos na pintura industrial, independentemente do tipo de pintura e manter a qualidade, saiba que existem formas, vou explicar melhor.

O Custo de uma pintura industrial corresponde de 3% a 5% do custo da instalação a ser protegida, em alguns casos, pode chegar a 20%.

Agora o custo de manutenção, é de acordo com o esquema de pintura que foi utilizado, se for aplicado um esquema convencional pode baixar o custo inicial, mas elevar o custo com a manutenção. Se utilizar um esquema de pintura nobre e com maior custo inicial, poderá ter menor custo na manutenção. Outro fator que pesa muito no orçamento é a mão de obra despreparada para execução do serviço, veja nos próximos parágrafos, qual o melhor esquema para se utilizar e como resolver a questão da mão de obra.

É bom esclarecer também que um “esquema de pintura nobre” nem sempre é o mais caro. O esquema deve ser o adequado a situação de trabalho da peça metálica e também às condições do meio ambiente em que a peça será submetida.

Quando uma empresa de pintura negocia com um cliente, a primeira deve esclarecer muito bem estás questões sobre esquema de pintura e manutenção, mostrando ao cliente que na maioria das situações, um investimento inicial maior vai levar a menores custos de manutenção. Há uma tabela feita pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) que mostra esta avaliação:

custos de pintura industrial

Com esta tabela, o cliente escolhe o esquema de pintura que melhor lhe cabe e a empresa de pintura vai aplicar o esquema negociado mantendo sempre a mesma qualidade de trabalho para qualquer caso escolhido. Ter muito bem definido o que o cliente quer é muito importante pois ele saberá quando deverá executar a manutenção. Aplicar um esquema convencional não significa um esquema de baixa qualidade e sim o esquema que o cliente necessita; afinal a definição de qualidade na norma ISO 9001 é: “adequação ao uso”.

Definido o que o cliente precisa, fica por conta da empresa aplicar corretamente os procedimentos de pintura e controlar os consumos de tintas, solventes, diluentes, acessórios e a qualidade. É possível controlar consumo de tinta trabalhando bem próximo da especificação. Existe um procedimento oculto dentro das equipes de pintura que diz: “é melhor errar para mais do que para menos”. Isto porque se a espessura seca de tinta encontrada for muito superior ao especificado, o cliente, em geral aceita, e para o dono da empresa de pintura é mais econômico deixar como está. No entanto, alguém calculou o quanto de tinta que foi acrescentado e não será pago pelo cliente?

Para que isto não ocorra, basta treinar a equipe que executa o serviço e solicitar acompanhamento do inspetor de pintura, que vai controlar o consumo de tinta verificando a conformidade dos valores de espessura encontrados com as especificações e aplicando margem de segurança; mas sem prejudicar o custo de produção. Além disso o inspetor vai criar pontos de verificação estratégicos no qual as peças só seguem para a próxima etapa se estiverem aprovadas na anterior, evitando a reprovação na fase final do processo onde já se gastou material, acessórios de pintura, mão de obra e tempo.

Se você necessita de um profissional para fazer os cálculos de consumo e custo de tintas, solventes, diluentes e acessórios ou precisa definir um esquema de pintura adequado para o seu cliente ou quer treinar sua equipe para aprimorar a qualidade do serviço de pintura de sua empresa ou quer reduzir seus custos sem reduzir a qualidade entre em contato e preencha o formulário. Comece com uma consultoria de baixo custo via Skype, descrevendo seus problemas e aflições conversando comigo, e quem sabe eu posso te ajudar… Contate agora, é só clicar aqui.

 

Faça parte agora da lista VIP e esteja sempre informado com mais conteúdos que entregamos inteiramente Grátis

Seu email está 100% seguro.

 

O que você achou deste artigo, deixe seu comentário abaixo.

 

Veja posts relacionados:

7 Erros que contribuíram com a queda da ciclovia no Rio de Janeiro

Pintura industrial: o que é? Como executar? Quem pode ajudar?

Pinturas anticorrosivas


Rosemary Coutinho
Rosemary Coutinho

Rosemary coutinho é fundadora do site www.opintorconsultoria.com, é uma profissional formada em Química Industrial com mais de 20 anos de experiência na área de pintura, tintas e corrosão. Fez diversos cursos de aprimoramento nesta área, inclusive o de pintura industrial fornecido pela ABRACO e é também qualificada pela Petrobras como Inspetora de Pintura Industrial. Possui profundo conhecimento na área de qualidade, certificação em ISO 9000; documentação de qualidade, data-book de obras e é auditora interna da ISO 9001.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.