Na pintura de parede, um dos defeitos de maior ocorrência é a mancha.

Se você já se deparou com este defeito, sabe o quanto é frustrante.

Fazer um serviço de pintura e ver a porcaria que ficou.

E a intuição faz você decidir: “se passar mais uma demão de tinta, as manchas vão sumir”.

Aí você já aplicou 4 demãos de tinta, gastou muito mais do que previa, em dinheiro e tempo.

E a mancha não sumiu…

Fique tranquilo. Isto não acontece só com você.

Pintores inexperientes ou aqueles que não são pintores, mas querem economizar com a mão de obra; são vítimas das manchas.

Já perdi a conta do número de pessoas que relatam esta situação nos comentários do site.

Então decidi tratar deste defeito com mais profundidade.

Separei 10 dicas básicas pra você, pintor residencial, que deseja fazer uma pintura de parede.

E pra você que não está podendo pagar o pintor e vai encarar o serviço.

Vamos então aprender um pouco de pintura de parede.

 DICA #1 PESQUISE PARA ESCOLHER A TINTA

Pintura de Parede

A tinta deve ser resistente as condições do ambiente que você vai pintar.

E deve ser compatível com a tinta antiga; no caso de repintura.

Se a pintura for interna; um quarto ou sala; você pode optar por uma tinta látex; tem menor custo.

Use tinta para parede interna.

Saiba que na parede com esta tinta, a limpeza deve ser feita com pano úmido, apenas. Não pode lavar a parede.

Mas se for uma pintura externa, onde a tinta será exposta ao sol e a chuva, use tinta acrílica.

Adquira tinta para parede externa.

Use a internet para escolher algumas tintas, para depois ir a uma loja de tintas.

Você vai encontrar na embalagem das tintas, onde ela pode ser aplicada. Leia atentamente as embalagens das tintas antes de comprá-las.

Se ficar com dúvidas, tente eliminá-las anotando o nome da tinta e o fabricante e busque informações no site do fabricante.

Se continuar com dúvidas, entre em contato com o fabricante por e-mail ou telefone.

Quando for repintura, procure usar tintas de mesma base.

Se não souber qual foi a tinta antiga aplicada, faça um teste numa parte da parede mais escondida.

Limpe um pedacinho da parede e aplique uma amostra de tinta conhecida e verifique se ocorre defeitos como manchas, bolhas ou enrugamento.

Cuidado com tintas em promoção!

Pode ser que o prazo de validade esteja muito próximo de vencer.

E se você for usá-la após o vencimento, a tinta pode estar deteriorada.

Se você quer uma ajuda para encontrar a tinta mais adequada para a sua pintura, clique aqui.

Só compre quando tiver certeza que encontrou a tinta que resiste as condições que será exposta.

DICA #2 CONDIÇÕES CLIMÁTICAS

Pintura de Parede

Não faça pintura em dias de chuva ou quando houver indícios que vai chover. Mesmo que a tinta seja diluída em água.

Não faça pintura quando a temperatura ambiente estiver fora da faixa permitida para aplicação da tinta.

Como saber a faixa de temperatura em que você pode aplicar a tinta?

Consulte o boletim técnico da tinta que você comprou.

O boletim técnico costuma informar que a faixa de temperatura ambiente para aplicar a tinta de parede está entre 10ºC e 40ºC.

E a umidade relativa do ar deve ser inferior a 85%.

Mas estes dados podem mudar para os diversos tipos de tintas e com as mudanças das fórmulas.

Por isso você deve sempre consultar estes dados no boletim técnico da tinta que adquiriu.

O boletim técnico costuma estar disponível no site do fabricante da tinta.

Se não estiver, entre em contato com o fabricante usando e-mail ou telefone.

Esteja sempre atento as condições climáticas, principalmente se for pintar em épocas e locais de frio ou calor rigoroso.

DICA #3 PAREDE SEM PRÉ-TRATAMENTO

Pintura de Parede

Antes de aplicar qualquer tinta, a parede deve estar limpa; muito bem limpa.

Não pode conter pó, graxa, óleo, mofo, sujeiras, materiais soltos e a parede não deve estar porosa.

Use espátulas para remover materiais soltos.

Lave a parede com detergente neutro para remover óleos, graxas e algumas sujeiras.

Use escova, pano limpo, vassoura, esponja, lixa; o que for mais adequado para a limpeza de sua parede.

Prepare uma solução de água potável com água sanitária (alvejante a base de cloro) na proporção de 2:1. E use esta solução para remover o mofo.

Remova toda contaminação que houver na parede usando lixa.

Contaminações como graxa, óleo, mofo e outras, mancham a pintura e causam falta de aderência e as vezes bolhas na pintura.

A limpeza é uma etapa extremamente importante da pintura de parede e não pode ser feita de qualquer maneira. Tem que ser muito bem feita!

Se você vai pintar uma parede já pintada, clique aqui para obter a sequência correta da limpeza.

DICA #4 CURA TOTAL DO CIMENTO

Parede Nova
Parede Nova

Paredes novas, que receberão a primeira pintura, deve-se aguardar o tempo de cura total do cimento, que é 28 dias.

E isto vale para massa de cimento, reboco, argamassa e qualquer outro tipo de massa que contenha cimento.

No processo de cura do cimento ocorre liberação de sais alcalinos.

Estes sais reagem com a tinta e causam manchas e outros problemas na pintura.

Portanto, em uma pintura de parede nova, procure saber se o cimento está totalmente curado.

E faça um lixamento e limpe o pó com aspirador ou pano seco.

DICA #5 USE SELADOR EM PAREDES NOVAS

Pintura de Parede

Quando a parede vai receber a primeira pintura, o cimento vai absorver a tinta de maneira irregular.

Em alguns pontos vai absorver muita tinta e em outros vai absorver menos tinta.

E essa absorção de tinta variada, causa mancha na pintura.

O selador de parede tem como função igualar a absorção da parede.

O selador também preenche os poros da superfície da parede, melhorando o rendimento e a cobertura da próxima tinta; a de acabamento.

Se você consultar o boletim técnico de uma tinta seladora, verá que é uma tinta de fundo indicada para paredes novas.

Não deixe de aplicar o selador se a pintura de parede for nova.

DICA #6 UMIDADE ALTA NA PAREDE

Pintura de Parede

Se a parede a ser pintada apresenta infiltrações que pode ser de água da chuva. Ou se a alta umidade vem do solo que possui um lençol de água.

Ou se é uma parede por onde passa um encanamento que está furado; não aplique tinta.

Primeiro você deve eliminar esta alta umidade para depois pintar.

Para isto, busque um profissional especializado neste assunto.

Se você está com infiltrações em paredes externas que causam umidade no interior, leia este artigo que talvez possa te ajudar.

Só após a correção do problema, e secagem total da parede, que você deve fazer a pintura.

Tenha em mente que tinta não corrige infiltrações nem vazamentos.

DICA #7 TINTA MUITO DILUÍDA

Tinta de Parede

Ao preparar a tinta, use o solvente indicado pelo fabricante e na quantidade informada. Em geral, as tintas de parede são diluídas em água.

Mas os fabricantes informam a quantidade máxima de diluente que pode ser adicionado na tinta.

Se a quantidade de água adicionada na tinta for maior do que o especificado, a pintura não fica boa.

E um dos problemas que pode apresentar é a mancha.

Portanto, use um medidor, uma calculadora; enfim o que for preciso para que a diluição da tinta seja correta.

Não use mais diluente do que o indicado, para aumentar o rendimento da tinta.

DICA #8 TINTA DE BAIXA QUALIDADE

Tinta

Tintas com o preço muito inferior ao preço médio das tintas de parede, podem ter problemas de qualidade.

Como saber se uma tinta é de boa qualidade?

Consultando o site da ABRAFATI.

A ABRAFATI é uma associação que reúne os fabricantes de tintas. Faz um trabalho excelente na área de tintas.

É a principal responsável pela melhoria da qualidade das tintas brasileiras.

Neste link, você vai saber quais as tintas que foram analisadas e aprovadas pela ABRAFATI e neste você vai saber as que foram reprovadas.

Não deixe de consultar este site quando for comprar tintas.

DICA #9 TINTA MAL MISTURADA

Pintura de Parede

Quando abrir a lata de tinta, você deve misturar todo o conteúdo da lata ou galão. Use um pedaço de madeira limpa que atinja o fundo da lata.

A tinta é composta de produtos químicos que tendem a depositar no fundo da lata ou galão.

Se estes produtos não forem incorporados novamente na solução, a tinta fica incompleta em sua formulação.

E quando você for aplicá-la, poderá apresentar diversos defeitos; dentre eles a mancha.

Misture a tinta até que ela apresente aspecto visual totalmente homogêneo.

E tenha certeza que não tem sólidos no fundo da lata.

Para misturar lata de tinta de 18 litros, use um batedor de tinta elétrico.

DICA #10 EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO MAL LIMPOS

Pintura de Parede

Sempre que for reutilizar os equipamentos de pintura, a limpeza deve ser rigorosa.

Pincéis, rolos, pistolas e suas mangueiras devem ser muito bem limpas, para a próxima pintura.

Primeiro remova o excesso. Depois, deixe estes equipamentos de molho em seus diluentes (água ou solventes de limpeza) para depois fazer nova limpeza.

Qualquer vestígio da tinta anterior que se misturar com a tinta nova, pode causar manchas na pintura.

A bandeja de pintura para rolo, também deve ser muito bem limpa.

Recipiente para acondicionar a tinta preparada e o misturador de tinta, devem ser muito bem limpos.

Qualquer peça que entra em contato com a tinta que será aplicada, deve estar limpa para não contaminar a pintura.

PINTURA DE PAREDE SEM MANCHA

Pintura de Parede

Neste artigo eu listei os 10 cuidados mais importantes que você deve ter para executar uma pintura de parede sem manchar.

Na verdade, se você seguir estas 10 recomendações vai evitar também outros tipos de defeitos.

Como por exemplo a falta de aderência da tinta na parede, a formação de bolhas e outros defeitos que não foram tratados neste post.

Como você pode ver, são vários os motivos que podem causar manchas na pintura.

Por isso, quando as manchas ocorrem, é difícil dizer exatamente onde está o erro.

Estas recomendações são práticas de pintura ensinadas em cursos de pintura residencial.

Pintores experientes e de bom nível profissional que aplicam todos estes cuidados, não se deparam com manchas em seus serviços.

Mas se acontecer, como foram aplicadas as boas práticas de pintura, fica mais fácil de descobrir onde está o erro.

E estas 10 dicas fazem parte das técnicas corretas de aplicação de tinta em parede.

Se você quer ser um pintor de parede de excelência e aprender muito mais sobre pintura de parede clique aqui.

Se quer nos contar sobre um problema de pintura manchada que aconteceu com você, deixe um comentário.

Se acha que este artigo pode ajudar alguém, compartilhe.

Até a próxima.


Rosemary Coutinho
Rosemary Coutinho

Rosemary coutinho é fundadora do site www.opintorconsultoria.com, é uma profissional formada em Química Industrial com mais de 20 anos de experiência na área de pintura, tintas e corrosão. Fez diversos cursos de aprimoramento nesta área, inclusive o de pintura industrial fornecido pela ABRACO e é também qualificada pela Petrobras como Inspetora de Pintura Industrial. Possui profundo conhecimento na área de qualidade, certificação em ISO 9000; documentação de qualidade, data-book de obras e é auditora interna da ISO 9001.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.